TECNOLOGIA DE COINOCULAÇÃO

Saiba tudo sobre a Tecnologia de Coinoculação na Soja e no Feijoeiro.

A coinoculação é uma tecnologia em sintonia com a abordagem atual da agricultura, que respeita as demandas de altos rendimentos, mas com sustentabilidade agrícola, econômica, social e ambiental.

Consiste em adicionar mais de um microrganismo reconhecidamente benéfico às plantas, visando maximizar a contribuição dos mesmos. Combina uma prática já bem conhecida dos produtores: a inoculação das sementes de soja e do feijoeiro com bactérias fixadoras de nitrogênio (N), conhecidas como rizóbios, com o uso do Azospirillum, uma bactéria até então conhecida por sua ação promotora de crescimento em gramíneas.

COINOCULAÇÃO NA SOJA

  • Prática sustentável, dispensa a adubação nitrogenada.
  • Maior contribuição da fixação biológica de nitrogênio.
  • Melhor resposta das plantas ao estresse ambiental, mais vigor das plantas e equilíbrio nutricional.
  • Aumenta o rendimento de grãos, elevando a produtividade.
  • Proporciona um sistema radicular maior, obtendo melhor aproveitamento de água e nutrientes do solo.

COINOCULAÇÃO NO FEIJOEIRO

  • Aumenta o rendimento de grãos, aumento de produtividade.
  • Maior contribuição da fixação biológica de nitrogênio.
  • Mais vigor das plantas e equilíbrio nutricional. Melhor resposta das plantas ao estresse ambiental.
  • Prática sustentável, dispensa a adubação nitrogenada total ou parcial.
  • Proporciona um sistema radicular maior, obtendo melhor aproveitamento de água e nutrientes do solo.